quarta-feira, 28 de julho de 2010

Um pacto com o Demônio



José era uma criança muito pobre. Sua família, com o que ganhava, catando sucatas pelas ruas da cidade, pouco dava para alimentar com dignidade os seus filhos que eram muitos; pois pobres têm muitos herdeiros. De quê? Miséria.
O garoto não se conformava em não poder frequentar nenhuma escola, pois tinha que ajudar a catar sucatas.
Um dia, já meio revoltado com a sua mísera vida e vendo outras crianças brincarem de bola, bem vestidos e frequentando escolas, explodiu à noite com os pais: Um dia eu vou ficar rico e todos nós iremos morar numa linda mansão, com piscinas, salão de jogos e rodeadas de flores. Haverá de ser uma mansão de dar inveja a muitos milionários.
E assim foi crescendo José com essa idéia fixa na cabeça. O que fazer para conseguir concretizar esse sonho que parece irreal?
À noite, ao dormir teve um sonho estranho. Imaginem com quem...Com o Demo, que lhe disse:- Amanhã, você não vai mais catar sucatas nos lixos dos outros. Tenho outros planos para você. Encontre-me amanhã exatamente a meia noite naquela encruzilhada perto da goiabeira. Acordou, ficou assustado com aquele sonho, mas não disse a ninguém. De manhã disse aos pais que não estavava se sentindo bem e não foi trabalhar. Ao entardecer tomou seu banho, pôs uma roupa limpa e ficou a olhar o relógio que parecia disparar as horas.
À noite, todos foram dormir e quando estava chegando a hora marcada, José levantou-se sorrateiramente, fechou a porta do barraco e foi caminhando até a encruzilhada. Esperou.
A meia noite em ponto, viu um clarão que ofuscou os seus olhos, apertou-os com as mão e devagarinho elas foram se soltando.
Que beleza, coisa inacreditável. Viu um anjo lindo, todo de branco com as asas abertas que lhe disse:
-José, a partir de hoje, seu sofrimento acabará, compre um bilhete de loteria e ficarás rico, esse dinheiro irá se quadruplicar no que você investir.
-Mas Demo não é tão horroroso como falam? E o Demo respondeu:-Eu posso ter a forma que quiser, desde um horrendo demônio como um lindo anjo.
Só isso que devo fazer?, perguntou José.
-Não, quando você morrer, irás reinar comigo no Inferno.É um pacto: sua vida de riquezas em troca da sua alma.
O rapaz, já cansado de sofrer, aceitou.
Nesse mesmo dia ,José ganhou sozinho na loteria, apanhou seu dinheiro e sumiu com a famíla e ninguém mais viu o rapaz catando sucatas.
A partir daí, tudo deu certo na sua vida e da sua família: Compraram uma linda fazenda e ela foi prosperando aceleradamente e finalmente terminou a mansão que tanto desejava.
Já meio velho, resolveu fazer uma festa na sua bela mansão; só convidou os seu novos nobres amigos, esquecendo-se dos pobres amigos que deixara para trás.
De repente, a mansão começou a pegar fogo. Eram pessoas correndo para todos os lados para se salvarem.
Todos saíram, menos José que ficou com as pernas presas numa enorme tora, a qual não conseguia se livrar.
Seu corpo já ardendo, o fogo queimando suas roupas e eis que aparece o Demo em forma de Serpente e diz:
-Venha comigo, chegou a hora de acertarmos as contas.
Assim foi a estória de José, que não teve paciência de viver na pobreza, pois se a tivesse, haveria, quem sabe uma outra oportunidade e não teria esse triste fim
E sua família? Continua a catar sucatas pela cidade...


Visitem meu outro blog
está lindinho


Nenhum comentário:

Postar um comentário