domingo, 8 de maio de 2011

Para todas as mães que passaram o dia na solidão


Mãe solitária abra a porta quero conversar contigo
Não te aflijas nessa triste e imensa solidão
Teus filhos amados não vieram te visitar?
Mas estou aqui para segurar tua rústica mão
Mas quem és tu? Sou teu Anjo da guarda

O que fizestes da tua vida para ser tão esquecida?
Maltratou teus filhos no decorrer da tua vida?
Não, disse a mãe eu lhes entreguei todo o meu viver
Não chores, eu já sabia que tinhas filhos ingratos

Não te entristeças mamãe: Posso chamá-la assim?
A partir de hoje não sofrerás mais serei teu anjo
 Um outro filho seu, que nunca te abandonarás
Dê-me a chave do teu coração que virei visitá-la
Todos os dias: no alvorescer e ao pôr-do-sol

Eu fui uma criança na Terra que minha mãe matou
Virei um lindo anjo para adotá-la e cuidar de ti
Não haverá um dia sequer que eu não venha te ver
 Quando chegar tua hora segurarei a tua mão
Voaremos para o Céu e acabarás tua solidão



Um comentário:

  1. oi amiga li as ultimas postagens esta muito lindas mas a do anjo amei abraços

    ResponderExcluir