quinta-feira, 22 de junho de 2017

Solidão do Sol




 Ó Sol saudades de ti
Há dias que não aparece
Algo aconteceu contigo?
Adoro ver-te na colina

Se pudesse pegar-te na mão
Iluminaria o Mundo todo
Tire umas férias pra descansar
Ninguém poderá ajudar-te
Tu nos queimarias

Eu exijo que amanhã venhas
Para o Mundo te louvar
Nem as águas ficam sem ti
As flores estão morrendo

Acordei, da janela do quarto
Senti teus raios nas frestas dela
Pulei da cama para ver-te
Aparecia sonolenta sorrindo

Da janela joguei-te beijos
Sei que eles se perderam no ar
Os girassóis estão muito tristes
Hoje eles vieram te contemplar

quarta-feira, 21 de junho de 2017

Renúncia





Ambição pra quê? Se todos iremos para o mesmo lugar? Mas ela é corrupta, sofrível, despida de amor e falta de caridade, sem sequer dar um níquel aos desprovidos de alimentação, mas antigamente tinha a lei do retorno: o voto cabresto um pouco mais leve só se difere que vendem seus votos. Parece até que voltamos aos primórdios da República, mas sem regalias.
Enquanto os ambiciosos sobem o mais alto patamar da fama pisando em seus semelhantes, despido de amor até pela sua família; chegou a hora deles requererem sua RENÚNCIA.
Mas essa renúncia nunca chegará, seu orgulho é maior que ele próprio. Acostumou-se a comer caviar, então, independente da sua renúncia terá que pagar e pensar detrás das grades com uma multidão de presos ávidos de justiça o matarão, portanto ficará numa cela única remoendo seu passado que poderia ter sido maravilhoso. O que lhe resta fazer? A fuga? Mas o acharão.
Existem pessoas que degustam do melhor vinho, comem as melhores iguarias e no fim da vida fica "enjaulado", nem podendo conversar com os outros. O que poderá acontecer? Talvez o único remédio seria o suicídio...
Como é bom pegar seu carro popular com a família ir a uma fazenda onde o amigo mora, comer uma belo churrasco, falar bobeiras e rir muito.
A vida é feita por pequenos momentos de felicidades. Ah! Chegou a segunda-feira o trabalho o espera, por menos que se ganha, se todos da família trabalharem em qualquer lugar da pra viver, o alimento estará a sua mesa. 
Isso é que é felicidade! Poder dormir tranquilo, sem sobressaltos!
Portanto, não nos vendamos, a felicidade está nas pequeninas coisas da vida, Então, que sejamos felizes !

  

terça-feira, 20 de junho de 2017

Por que falar de poesia?




Por que falar de poesia
No meu país
Se algumas "pessoas" têm maus aspectos
E "sujas" demais?

Por que falar de poesia 
No meu país
Pois alguns causam repugnância
Espoliando outros?

Por que falar de poesia
No meu país
Se os "nojentos" falam dos "estrumes"
Que nem urubu quer ficar?

Por que falar de poesia
No meu país 
Se a imoralidade se faz presente
Num espetáculo nojento?

Por que falar de poesia
 No meu país
Se temos uns depósitos lotados
De homens com escrotidão?

segunda-feira, 19 de junho de 2017

Mistério do amor




amor

A vida é um mistério
E nele o amor está inserido
A nossa primeira atração
É muito peculiar

Por anos nos amamos
Depois vem a primeira briga
O choro é o belo milagre
Para o outro sorrir

Aí vem a triste velhice
Nesse estágio o amor é dócil
O mistério é do carinho
Mais forte da louca paixão

Já velhinhos de mãos dadas
Quis o destino presentear
Juntos voarem para a eternidade
Pra céu se amarem