quarta-feira, 8 de fevereiro de 2017

Eu te odeio





Ódio, um horror
Ele vem com a inveja
Por que não sermos nós mesmos
Não se espelhe em ninguém
A beleza é pra quem ama

Se você odeia
Tem o rosto feio
O ódio envelhece as rugas
Nas expressões faciais
Seja você mesma

Que a beleza voltará
A beleza não é pra todos
É para quem ama
O amor intrínseco
                 Ele rejuvenesce a pele

Tenha sempre bom humor
E o sorriso voltará
Não odiará mais ninguém
Pois tem a sua beleza
E nunca mais dirá
Eu te odeio!

2 comentários:

  1. Oi Dorli,graças a Deus eu não digo "Eu te odeio" para ninguém.
    Posso estar algumas vezes de mal humor,mas jamais digo essa frase.
    Bela mensagem.
    Bjs-Carmen Lúcia.

    ResponderExcluir
  2. Magnífico poema.
    E com conselhos para a vida... gostei muito.
    Amiga Dorli, continuação de boa semana.
    Beijo.

    ResponderExcluir