sábado, 17 de fevereiro de 2018

Amei demais


amei demais


O coração estraçalhado de dor
Sinto a tua falta na minha vida
Aqui sentíamos o  nosso amor
Nossas juras, os sonhos, a lida
                                             volte...
Tu não sabes a falta dos abraços
A brisa me faz sentir teus beijos
Teu abraço apertadinho, eu choro
 Tenho lágrimas que caem no colo
                                              volte...
Sumiste, morreste rápido assim?
Até a paixão abrasadora apagou?
Nossos  belos sonho  acabaram ?
                                             volte...
Não posso voltar amor... eu morri
Subi no avião ele explodiu no céu
Viva amor eu não voltarei mais aí
                                      Volte a viver...

19 comentários:

  1. Uma história triste de um amor impossível.
    Gostei da sua volta. Já tinha saudades suas.
    Um abraço e bom fim-de-semana

    ResponderExcluir
  2. Linda poesia e eu sabia não irias aguentar muito tempo,rs...Só aos sábados vale, assim não te cansas! bjs, chica

    ResponderExcluir
  3. Nunca se Ama demais. O muito que se quer é sempre pouco.
    Bem-vinda de volta (nunca estiveste longe!), Dorli.


    Beijo
    SOL

    ResponderExcluir
  4. Apesar de triste, é muito bonito! Parabéns

    Beijo. Bom fim de semana.

    ResponderExcluir
  5. Você voltou com esse poema lindo de viver Dorli!
    Que bom,mesmo que seja aos sábados estaremos por aqui.
    Bjs e um ótimo final de semana.
    Carmen Lúcia.

    ResponderExcluir
  6. Que bom o seu regresso DORLI!!!
    É assim mesmo faça o que gosta e surpreenda-nos com pequenos e apaixonantes contos!
    bj

    ResponderExcluir
  7. Triste mas bonito minha querida
    como sempre gostei ,bjuss de bom final de semana
    Rita!!

    ResponderExcluir
  8. Lindos versos para contar uma história triste!
    Abraço, bom final de semana!
    Sonia

    ResponderExcluir
  9. Querida Dorli, quanta saudade, que a dor da saudade é tamanha que estraçalha o corações de dor. Existe sim pessoas que sofrem por perder um grande amor, um amor para toda vida. Linda poesia, parabéns querida. Abraços, tenha uma linda noite e um amanhecer feliz.

    ResponderExcluir
  10. Oh Dorli, que versos sentidos e lindos de se ler!! Então vida segue, e bola pra frente!

    Boa semana.

    Bjss!

    ResponderExcluir
  11. Um poema de amor triste, um final inesperado
    Beijos.

    ResponderExcluir
  12. Triste, mas com uma ternura imensa. Ah, saudade...

    ResponderExcluir
  13. Olá, Dorli!
    Amar não tem medida... ama-se e pronto.
    Quando esse amor acaba... acabado está. Ponto final!
    Viver no passado é não viver nem hoje nem amanhã. O passado, passado está!
    Nada de tristeza. Força e... sempre ao sábado!
    Beijo.

    ResponderExcluir
  14. Olá,querida amiga Dorli!
    Lindo e verdadeiro para muitos!
    Você tem alma de poeta...
    Persevere!
    Seja muito feliz e abençoada junto aos seus amados
    Bjm de paz e bem

    ResponderExcluir
  15. Nostalgico, intenso e belo poema.
    Dorli, espero que esteja melhor.
    Beijinhos
    Maria de
    Divagar Sobre Tudo um Pouco

    ResponderExcluir
  16. Que bom que voltastes, como disse a Chica, não ficas muito tempo sem voltar!
    Amei, lindo e triste, mas bem colocado os versos!
    Abraços amiga Dorli!

    ResponderExcluir
  17. Olá! Que linda forma de expressão! abraço

    ResponderExcluir
  18. 'não podemos voltar'; para quem fica, no entanto, a vida segue e as dores, bem, elas duram o tempo que devem durar. É preciso coragem para seguir adiante , nos deixar 'ir'; ficou lindo,belos dias Dorli e obrigado pelo carinho!

    ResponderExcluir