segunda-feira, 13 de agosto de 2018

Tempos idos...



zucca.com.br



Ó tempos idos, tempos vividos, tempos sofridos
Tempos amargos, tempos de festas, tempos de amor
Ó tempo que fizeste com muitos dos nossos tempos?
O tempo nos trouxe as saudades de outrora

Ó tempo por que desgastaste tanto tempo vivido?
O tempo somos nós que fizemos acontecer
Por que nós passamos a vida em função do tempo?
Nós iremos em função do tempo, outros virão

Ó tempo por que agora velhos nem conversamos?
O tempo hoje é de introspecção, vivemos todo nosso tempo
Nossos filhos tiveram bons tempos conosco, hoje sós
Ó tempo o quanto fizemos e quanta ingratidão...

Ó tempos idos, hoje solitários que até o relógio parou
Parou nas reminiscências de uma vida bem vivida
Comungada no meio do campo, flores e nosso amor
 Ó tempo não mataste o silêncio falando com o olhar


sábado, 11 de agosto de 2018

Pai



O paraíso de Deus



Ah! Pai! Quantas saudades tuas

A dor foi tanta que chorei por doze horas

Lembro dos passeios de carroça suja

Onde no trotar da égua limpava a cidade



Era muito respeitado por todos

O teu amor por mim era incondicional

O meu era de ser sua filha amada

Aguarda-me pai,, pois logo estarei por aí



Quando partiste para o céu chorei

Hoje não tenho mais lágrimas para ti

Estás bem pertinho da mamãe

A esperar o dia do nosso reencontro



A vida sem ti pra mim é um vazio

Sou pássaro que voa a tua procura no nada

A noite chega quero sonhar contigo

Não consigo só ficaram doídas saudades



sexta-feira, 10 de agosto de 2018

Inversão de valores



Centauro-thumb


Parece que estamos vivendo numa época longínqua onde a Mitologia Grega invadia a mente humana e os desenhos e esculturas de obras de artes se agregavam com humanos e animais (seria talvez uma vontade de poder?), colocando neles todas as suas recaídas da sua mente, num corpo estapafúrdio que os dariam mais força, poder e, com ele subjugaria outros seres humanos mais  fragilizados pela falta de emprego, que sentindo a dor da fome seriam enganados assim agregariam a tais sonhos impossíveis que os fariam verdadeiros e juntos enganarem mais pessoas desprovidas de senso comum a todos os mortais. Forças que só podemos fazer com a língua felina para magoar pessoas de bom caráter. Essas grandezas fazem hoje muitas pessoas a quererem se igualar àquele tempo sonhado, nos seus aspectos desenhados, talvez numa vontade de se transformarem nessas horrendas ideias dessas esculturas, algumas delas muito maquiavélicas.
O homem é mau e ganancioso, esquece ele que um dia seu corpo ficará embaixo da terra e será banquete de seus próprios vermes, onde sua carne podre será devorada em sua totalidade por eles, agora pergunto: onde foi parar sua estratégia de subjugar a outrem?
Pra que tantas falcatruas para se chegar ao poder se não poderá se perpetuar nele? Que bom que assim seja, pois do contrário se acharia um rei maior que o nosso Pai, aquele que tudo pode e hoje vê sua bela criação se deteriorando num lamaçal de maldades.
Aproveitem a vida de uma forma salutar, cada um do seu jeito para que ao dormir possa ter os mais lindos sonhos.


 

quarta-feira, 8 de agosto de 2018

A vida é uma encruzilhada





Pensei a vida e mudei
Mal imaginava que teria de decidir
Numa cruel encruzilhada
Ir a passos lentos à esquerda ou direita

Escolhi a direta e rumei já cansado
Tropecei em pedras e nada vi
Apenas um longo caminho com espinhos
Voltei e fui à esquerda

Talvez nessa direção encontrasse paz
O caminho era firme e seguro
Encontrei animais, rios secos e, retornei
Então rumei à direita

Mas não adiantava mudar os caminhos
Encontraria as dificuldades
Tanto caminhando de um lado ou do outro
Só haveria ambiguidades