quinta-feira, 20 de dezembro de 2012

Aqui espero







Foi nesse estonteante cenário paradisíaco
Que num dia nebuloso me disse adeus
As ondas do mar batiam meus pés. Choravam
Choravam a dor que dilacerava meu coração

Deitava nas águas geladas à receber carinho
E me deleitava no vaivém das ondas do mar
Meu coração perguntava o porquê dessa dor
Que persistia viver comigo há mais de dois anos

Virei um vagabundo qualquer, sem respeito e amor
Até que uma ave no seu voo solitário, perguntou-me
Saia dessa solidão rapaz, a vida é para ser vivida
Quando volto meu olhar , uma linda jovem sorria

Venha comigo rapaz, hoje e sempre serei o seu amor
Beijou meus lábios com uma doçura inigualável
Hoje, a ferida sarou, dando lugar a outra paixão
Que, com certeza, será meu castelo de emoções

Dorli Ramos

12 comentários:

  1. Que lindo e sensual poemas.
    Adorei Dorli!
    Você é uma grande poetisa, amo ler você.
    Beijinhos amiga querida.

    ResponderExcluir
  2. Os momentos de despedida são dolorosos e tristes. A renovação dum Amor, pode tardar, mas quando chega é prevalecente.

    Votos de um Santo e Feliz Natal.


    Beijos


    SOL

    ResponderExcluir
  3. Que bom que feridas saram, e dando lugar a outras paixões.

    Lindo!

    Bjos Dorli!

    ResponderExcluir
  4. Olá, tudo bem com você Dorli?

    Hoje minha visita é apenas para desejar a você, seus familiares um Natal de Paz e Harmonia, e que possamos dar o devido valor a essa data que significa o nascimento de Jesus.

    "O que é o Natal?

    Natal é o resumo do espírito da doce amizade que brilha todo o ano.

    É consideração e bondade, é a esperança renascida novamente para trazer paz,

    entendimento e benevolência para os homens.

    Natal não é fim de ano, natal é recomeço, é nascimento,

    é a esperança de que um novo ano que se aproxima,

    é o desejo de ter conosco todas essas pessoas queridas

    fazendo parte de nossa vida.

    Feliz Natal é o que lhe desejo!"

    Com carinho,

    Abraços

    RioSul

    ResponderExcluir
  5. E nesse vai e vem vamos vivendo pequenas e eternas histórias de amor.
    Beijinhos de lavanda.
    Lua

    ResponderExcluir
  6. Quando o amor se vai, com certeza a vida nos enviará outro ainda maior. Lindo poema! Bjus querida e feliz natal!

    ResponderExcluir
  7. Passa lá no blog http://sosprofessor-atividades.blogspot.com.br
    Tem selinho de Natal para você.
    Bjos

    ResponderExcluir
  8. Que belo poema amiga Dorli, estou passando para te oferecer o selo do meme da Campanha de Incentivo à leitura, passe no meu blog,e pegue.
    Um abraço e parabéns pelo o poema me emocionou.
    Maria Machado

    ResponderExcluir
  9. Lindo Poema amiga!Um novo amor cura aquele que nos deixou.A ferida poderá demorar à cicatrizar mas ao longo do tempo já não existirá mais.

    Bjs.

    Carmen Lúcia

    ResponderExcluir
  10. A despedida é muito triste e dolorosa. Às vezes pensamos não suportar, mas o amor sempre bate à nossa porta. Lindo o teu poema!
    Abração.

    ResponderExcluir
  11. É preciso humildade para reconhecer que não fazemos ideia do que Deus está
    planejando a nosso respeito. Precisamos reconhecer que pode ser algo radicalmente
    diferente daquilo que já recebemos dele. Precisamos não esperar nada em especial para
    nos surpreender e maravilhar ao ver o que Ele fará.
    Com essa mensagem de fé esperança e amor
    venho te desejar um abençoado Natal a você família e amigos.
    De todo coração agradeço por compartilhar sua amizade comigo
    marcando sua doce presença de Natal a Natal.
    Que a festa do aniversariante seja linda e inesquecível.
    Beijos no coração e carinhos na alma,Evanir.

    ResponderExcluir
  12. Dizemos adeus ao que esta marcado na memória! abraços felicidades

    ResponderExcluir