segunda-feira, 25 de abril de 2011

As coisas belas da vida


No curto tempo de vida aqui na Terra
Deus nos deixou vários caminhos a seguir
Eu preferi curti-los com muito empenho
Para não poder me machucar

Minha infância foi uma delícia
Ruas para brincar, flores para apreciar
Porcos, galinhas, horta e um pequeno
Burrinho para montar e cavalgar

Na minha sutil adolescência
Muitas escolas e livros para estudar
Lindos namorados para beijar
Viagens e lindos sonhos a sonhar

Na idade adulta era belíssima
Como uma flor da primavera
No altar sorridente e toda de branco
Disse " sim " ao meu amor

 Os anos foram passando com muita rapidez
Trabalhando muito para conquistar
Meu cantinho para abrigar meus filhos
Que hoje já estão bem crescidinhos

Cheguei rapidamente a minha velhice
Uma idade de reminiscências e paz
Tenho "causos" a contar pros meus netos
Até a morte chegar

Nenhum comentário:

Postar um comentário