quinta-feira, 2 de julho de 2015

OS PIONEIROS


Os barcos egípcios eram de madeiras 
movido a remo


Os povos antigamente construíam canoas  e balsas de madeira para aproveitar as correntezas dos rios e viajar para mais longe. Eles se utilizaram de varas ou remos para movimentar essas embarcações. Mas sem recursos que lhes permitissem percorrer grandes distâncias, os primeiros navegadores faziam constantes paradas. Formaram-se, assim, os primeiros postos comerciais, às margens do Rio Nilo, no Egito.
Nessas primitivas aldeias eram feitas trocas de alimentos, azeite, bebidas, tecidos e animais.


A criação de barcos a vela, impulsionados pela força dos ventos, tornou mais rápido o transporte de mercadorias para lugares casa vez mais distantes, enfrentando o mar. Na Antiguidades, os hebreus faziam comércio com os países do Oriente a partir do Mar Vermelho, localizados entre a áfrica e os países árabes. Em troca de trigo e azeite, recebiam ouro, pedras preciosas, marfim e animais. Já os cretenses e, depois, os fenícios compravam e vendiam mercadorias ao longo do Mar Mediterrâneo, entre a Europa e a África.



Nos séculos XV e XVI, o poder era exercido por reis, que precisavam cada vez mais expandir seus domínios.
Graças ao aprendizado de novas técnicas de navegação e a navegação e à construção de caravelas, que podiam navegar mais longe, reinos com Portugal, Inglaterra, França, Holanda e Espanha lançaram-se pelos mares e oceanos. O objetivo era estabelecer comércio com países do Oriente e também descobrir outros territórios, como foi o caso do Brasil.







A bússola existe na China desde cerca de 1000a.C.
É um instrumento com uma agulha de metal que sempre aponta para a direção norte, facilitando a localização geográfica. É indispensável para a navegação e foi fundamental na expansão marítima.

Fonte: Coleção Recreio

15 comentários:

  1. Mais um belo artigo sobre os transportes desta vez calhou aos transportes marítimos onde os portugueses deram novos mundos ao mundo.
    Um abraço e continuação de uma boa semana.

    ResponderExcluir
  2. Lembrar dos pioneiros é preciso...Sem eles nada! Lindo! bjs, chica

    ResponderExcluir
  3. Muito bom o seu post!
    Os 1ºs passos sempre são muito importantes... Precisamos valorizá-los com carinho!
    Abraços e uma boa 5ª feira...

    ResponderExcluir
  4. Gostei e muito deste post.
    beijogrande

    ResponderExcluir
  5. Legal saber mais onde tudo começou.

    bjokas mamis =)

    ResponderExcluir
  6. É sempre bom relembrar!! Gostei da postegem.

    Beijinhos
    http://coisasdeumavida172.blogspot.pt/

    ResponderExcluir
  7. Muito bom saber como tudo começou.
    Lindas imagens.
    Bjs Dorli.
    Carmen Lúcia.

    ResponderExcluir
  8. Vamos indo, lendo, aprendendo, reaprendendo!
    Amo tudo isso, poder relembrar o que já aprendemos em tempos remotos, que, com o passar do tempo vai se esquecendo!
    Nossa mente precisa sempre disso, exercício e aqui é dos bons!Amei amiga Dorli!
    Abraços apertados!

    ResponderExcluir
  9. Belíssimo artigo. Pra quem adora o mar e também historia é um prato cheio! Obrigado a autora pela aula!

    ResponderExcluir
  10. É uma boa achega para quem sabe pouco do que tem sido o mar e as navegações, ao longo dos séculos.
    gostei.
    Saudações!

    ResponderExcluir
  11. Dorli,
    Os meios de transporte são importantes desde os primórdios...Ótima postagem!
    Obrigada pela visita!
    Beijocas.

    ResponderExcluir
  12. LUA SINGULAR,

    muito pedagógico e recheado de historicismos egípcio e só por ser do Egito já sai ganhando!!!

    Um abração carioca.

    ResponderExcluir
  13. Que aula maravilhosa e imagens,querida amiga Dorli!

    Adoro tudo do Egito e aprendi muito aqui.Parabéns!

    Por que não conseguiu comentar meu post anterior ao último?

    Muitos escreveram sem problemas lá.
    Obrigada pela visita e volte sempre!

    Uma sexta-feira e fim de semana de paz e alegrias

    Beijos sabor carinho

    Donetzka

    Blog Magia de Donetzka

    ResponderExcluir
  14. Os historiadores europeus dão muito valor a um suposto
    pioneirismo egípcio, porque consideram o Mediterrâneo (e
    civilizações circundantes) como Europa. Mas, pra mim, o
    pioneirismo nesse aspecto deve estar na China.
    Sei lá, não tenho as provas.
    Beijos.

    ResponderExcluir
  15. Bela postagem, Dorli. Aprendemos e relembramos fatos históricos. E blog está bonito de cara nova.
    Saúde, paz e amor!

    ResponderExcluir