sábado, 13 de setembro de 2014

Primavera tristonha ( Prosa)




Nessa cadeira de vime você sorria as flores
Hoje, eu só apareço aqui na primavera
Dói sentir a sua ausência na minha vida 
Só  flores vêm aqui encantar essa solidão
Chego, sento no vime, sinto ainda seu perfume
Meu coração acelera de saudades de você; mãe
Tudo é igual, as flores coloridas estão molhadas
Tal lágrimas e juntando com as minhas; esmoreço
 Mãe, por que me abandonaste? Era tão linda!
Papai não aguentou a sua falta e foi com você
 Aqui sozinho, jovem, amargo essa triste solidão
Da uma vontade desesperada de sumir desse lugar
Mas, por onde eu for esse lugar irá comigo
Permeando minha dor que machuca o meu ser
Mas, não vou abandonar o vosso cantinho
Aqui, logo seus netos virão fazer-lhe companhia


16 Comentários:

Às 13 de setembro de 2014 03:19 , Blogger Cidália Ferreira disse...

Bom dia Dorli

PERFEITO! AMEI :-)

Tenha um sábado feliz
Beijinhos

http://coisasdeumavida172.blogspot.pt/

 
Às 13 de setembro de 2014 04:18 , Blogger ALUISIO CAVALCANTE JR disse...

Querida amiga

Às vezes as palavras
se escondem em nossas vidas.
Então,
saímos em busca de inspiração
nos lugares onde a amizade
se faz preciosa,
(lugares como este)
pois são os amigos
que guardam as melhores
palavras de nossa vida,
para nos devolver e inspirar
quando estivermos distantes
de nós mesmos...

Obrigado por sua generosa amizade...

 
Às 13 de setembro de 2014 04:27 , Blogger ✿ chica disse...

Linda e profunda saudade que chega mais forte nba primavera! bjs, ótimo dia! chica

 
Às 13 de setembro de 2014 05:01 , Blogger ॐ Shirley ॐ disse...

Pensamentos melancólicos saídos do fundo da alma.
Gostei, Dorli!
Bom sábado, beijos!

 
Às 13 de setembro de 2014 05:28 , Blogger José María Souza Costa disse...

Estimada, Dorli, bom dia.

Linda. linda.
Não mais posso expressar, senão, a expressão: Linda.
Abraços

 
Às 13 de setembro de 2014 05:42 , Blogger Bia Hain disse...

Olá, Dorli, como vai? Bonito poema... conservar um lugar que traz lembranças de quem já partiu é um meio de manter viva a presença de quem se foi, um carinho póstumo. Um abraço!

 
Às 13 de setembro de 2014 07:10 , Blogger Ricardo- águialivre disse...

Li e...emocionei-me

Desejo bom fim de semana com muita Paz, saúde e amor
.
Querendo, visite(m)-me ...eu gostava
.
http://pensamentosedevaneiosdoaguialivre.blogspot.pt/

 
Às 13 de setembro de 2014 07:21 , Blogger Carmen Lúcia.Prazer de Escrever disse...

Oi amiga Dorli,como doí essa saudade que sentimos por nossos pais,principalmente quando vivemos juntos por muitos anos.
Eu também sinto uma imensa saudade da minha mãe,minha conselheira de tantos momentos.
Lindo tudo que você escreveu.
bjs
Carmen Lúcia.

 
Às 13 de setembro de 2014 07:53 , Blogger Anne Lieri disse...

Ai Dorli, que belo poema cheio de amor e saudade! De emocionar,amiga! bjs,

 
Às 13 de setembro de 2014 07:59 , Blogger Rita Sperchi disse...

Triste, mas bonito ainda não
passei por essa saudade de mãe mas
de pai sim...to se palavras .........chorei

Bom final de semana
Bjusss

__________Rita

 
Às 13 de setembro de 2014 10:21 , Blogger Anete disse...

Imagem e prosa lindas, Dorli!
Saudade em versos...

Abraços e bom sábado...

 
Às 13 de setembro de 2014 12:15 , Blogger ReltiH disse...

...CUÁNTA NOSTALGIA...!!!

 
Às 13 de setembro de 2014 12:16 , Blogger Sonia Tolfo disse...

Saudade de mãe dói, dói!
Lindo texto,Dorli!
Abraço!
Sonia

 
Às 13 de setembro de 2014 18:04 , Blogger Ivone disse...

Que lindo ler aqui, hoje passei pela rua onde nasci e cresci, fazia muito tempo que não ia lá, apesar de ser perto de onde moro, nossa, senti uma emoção e chorei na rua, ainda bem que eu estava de óculos escuros, quis ir a pé como fazia quando criança, agora lendo aqui me lembrei, pois também me lembrei de minha mãe!
Ah, amiga, como a vida é, sempre temos que voltar as nossas origens, é bom!
Amei ler aqui!
Abraços e boa noite de sábado!

 
Às 13 de setembro de 2014 18:34 , Blogger Mariangela disse...

Que triste se lembrar da mãe sentada na cadeira... essa saudade dói muito!
Lindo poema Dorli!
Um beijo de uma ótima noite!
Mariangela

Obrigada por tudo amiga!

 
Às 13 de setembro de 2014 20:13 , Blogger Roselia Bezerra disse...

Olá, querida Dorli
Fico imaginando como é bom ter um porto seguro no coração materno...
Bjm fraterno

 

Postar um comentário

Assinar Postar comentários [Atom]

<< Página inicial